Neurologista CRM 770

Acidente Vascular Cerebral (AVC)

O ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL (AVC) é uma doença grave, a maior causa de mortalidade no Brasil e a primeira em invalidez no mundo.
Há 2 tipos, um em que há rompimento de uma artéria no cérebro provocando sangramento no cérebro (AVC hemorrágico = AVCH). Outro tipo mais comum (80%) é a oclusão de uma artéria, faltando sangue num parte do cérebro, o que se chama isquemia (AVC isquêmico = AVCI).
O AVCI pode ser prevenido através de estratégias de combate a fatores de risco, aqueles que provocam a isquemia, como hipertensão arterial, diabetes, tabagismo, alcoolismo, obesidade, sedentarismo e algumas doenças do coração.
O AVCI se instala de maneira aguda, de uma hora para outra, de repente, com paralisia de um lado do corpo, boca torta, perda da fala, por exemplo.
O tratamento mais eficaz é realizado dentro das primeiras 4 ½ horas do início. Para tanto é necessário que o paciente chegue ao Hospital dentro destas poucas horas, QUANTO MAIS CEDO MELHOR.
O Hospital tem que estar preparado para realizar todos os procedimentos para dar tempo de providenciar o tratamento: atendimento de imediato, exames de sangue, tomografia do crânio, avaliação pelo plantonista e pelo neurologista, de uma maneira muito rápida.
Há mais de 25 anos criei o serviço AVC-URGENTE no Instituto de Neurologia de Goiânia visando dar este tipo de atendimento. Há treinamento anual para o staff de hospital abrangendo todo o corpo de funcionários, médicos e outros profissionais de saúde.

Compartilhe este Post

Related Post

Dissecção de artérias cervicocranianas como causa de Acidente Vascular Cerebral

Uma causa de AVCI que também tem crescido.

Ataques Isquêmicos Transitórios (AIT)

AIT é uma doença vascular cerebral, um dos tipos de acidente vascular cerebral (AVC).

Quedas nos idosos

As pessoas de idade tem possibilidade de sofrer quedas. Acima de 65 anos, 28 a 35% pode...

Deixe uma resposta